Terça-feira, 24 de Janeiro de 2006
O primeiro contacto
Só então, tomámos contacto com o novo lar, com aquilo que viria a ser, nos próximos meses, o nosso lar.
Eram moradias que tinham pertencido às Obras Públicas, salvo erro, e onde estavam instalados: oficiais, sargentos e praças.
Oficiais e sargentos possuíam duas dessas moradias, com seis quartos cada uma.
Os beliches de três camas davam a cada quarto o aspecto de uma pequena cabina de navio.
Espingardas penduradas pelas paredes. Capacetes de aço da mesma maneira. Malas. Sacos de campanha. Toda uma profusão dos mais variados objectos emprestavam ao ambiente um ar de permanente desarrumação! E, para terminar, o chão era de terra batida.
Todavia, daí a um ou dois meses, tudo isto estaria totalmente modificado.

X

Seguiu-se o almoço de boas vindas, como já era tradição, a todos aqueles que iam de Luanda; e, se bem nos lembramos, o almoço era constituído por bacalhau cozido com batatas, cerveja, café do melhor que se fazia em todo o aquartelamento, e licor.
A nossa primeira tarde no acampamento foi simplesmente de conversa, depois da apresentação ao então Comandante da Bateria, Capitão Oliveira e Castro. Depois disso, conversou-se. Sobre tudo e sobre todos. Da melhor maneira fomos satisfazendo a curiosidade, desde o Agnelo Paiva, ao Galvão, passando pelo Barros, o Leite, o Antero e muitos outros que ali estavam.
A tarde passou-se em cavaqueira e na visita ao acampamento.
A noite chegou. Uma noite escura. Sem estrelas. A nossa primeira noite no Norte de Angola!
Nessa noite estranhámos a cama. Antes de adormecermos pensámos no que poderia a vir a ser o nosso «modus vivendi» durante os próximos onze meses.
Todavia, longe de quaisquer pretensões, esses onze meses viriam a ser aqueles que melhores recordações nos proporcionariam.Foram meses que nos ajudaram a compreender os homens, a compreender a fraternidade humana, e, sobretudo, aquilo a que chamam Amor Pátrio e espírito de sacrifício. Mas, a seguir contaremos…



publicado por fercobanco às 00:03
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

MEDO?...

UMA NOITE DE PESADELO

O ABRE-PICADAS, COMO EU L...

O NORDESTE...DE NOME PRÓP...

VEJAM COMO SOU FELIZ...

De ventre dilatado...Para...

O céu era negro

PRINCIPAIS ACTORES - SEIS...

Rumo ao local X da carta…

ANIVERSÁRIO

arquivos

Abril 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds